Skip to content

Fisioterapia em UTI

21/02/2010

Boa noite pessoal! Sumi né?!

Mas é por uma boa causa! Dia 02/02 começou meu oitavo (e último) semestre na faculdade! Tivemos uma reunião e no dia 03/02 já começamos o estágio na UTI do Hospital Geral de Carapicuíba… Tipo, aqui pertinho sabe?! Hahaha! Mas vale a pena ir pra lá, pois nem demora tanto, o trêm é tranquilo e ainda por cima temos direito à van gratuíta até o hospital, e ainda ganhamos almoço grátis (embutido na nossa mensalidade, é claro)!

Eu, como estou simplesmente APAIXONADA pela área, resolvi falar um pouco sobre o papel da fisioterapia na UTI!

Logo no primeiro dia, atendemos uma paciente que chegou lá com GECA (gastroenterocolite aguda [quem quiser, procura no google]), ai evoluiu com um BAVT (bloqueio atrioventricular total [também quem quiser procura no google]) e estava respirando através do ventilador mecânico…

Heis que começa a avaliação fisioterapêutica, que independe do caso: Primeiro vemos o neurológico… Se o paciente está sedado avaliamos pela Escala de Sedação de Ramsay [google], se não está, avaliamos a Escala de Coma de Glasgow [google], vemos se as pupilas estão reagindo à luz, se estão pequenas ou grandes (o que é grave), simétricas ou assimétricas (o que também é grave), como está o tônus muscular [google] e a força muscular… Depois passamos para a parte hemodinâmica! Vemos no monitor a frequência cardíaca, a pressão arterial, se está com alguma droga que ajuda a manter essas duas em valores normais, e também vemos a temperatura, pois febre contra-indica a fisioterapia em alguns casos…

Depois avaliamos uma das melhores partes! Se o paciente está entubado ou traqueostomizado [google], se está ou não em ventilação mecânica, caso esteja, anotamos o modo que está o ventilador e quais os parâmetros, auscultamos o pulmão com o estetoscópio…

E também temos que nos ater à exames complementares, como o hemograma (vulgo exame de sangue), a gasometria arterial (suuuper importante para muitas de nossas condutas), balanço hídrico [google], entre outros… Também vemos exames por imagem, como raio x, tomografia ou ressonância…

Agora a conduta depende de cada caso! Dependendo do paciente, as vezes o cuidado é mais paliativo, ou seja, apenas promovemos conforto para que ele morra sem dor ou desconforto e evitamos que ele tenha infecções causadas por excesso de catarro… Se tem secreção, nós aspiramos, e também mobilizamos os braços e pernas, principalmente para evitar feridas…

Agora em outros casos, conseguimos ir muito além disso!

Vou colocar algumas fotos que um professor da minha faculdade publicou no blog dele!

Este equipamento chama-se prancha ortostática, e serve para deixar o paciente em pé (ortostatismo). Ficar em pé melhora a circulação, melhora as funções renal e intestinais, e em alguns casos facilita a respiração, e trás muitos outros benefícios!

 

Em alguns casos, é contra-indicado ao paciente ficar sentado, mas quando não é, logo tratamos de colocá-lo para treinar força muscular, para alongar, para promover também uma melhor postura! Alguns artigos mostram que quando se fortalece os braços, ocorre uma melhora da parte respiratória, e o paciente tem mais chances de sair da ventilação mecânica (se esse for o caso), e a fisioterapia tem uma função importantíssima, que é a de promover o “desmame” da ventilação mecânica. Esta, quando usada por tempo prolongado, pode promover fraqueza muscular e consequentemente dependência do ventilador mecânico, além de aumentar o risco de pneumonias, que consequentemente aumentar as chances de óbito.

Há muitas outras coisas que a fisioterapia faz dentro da UTI, inclusive esta que eu mostrarei através de um vídeo que filmei quando eu e meu amigo atendemos um paciente:

Este aparelho chama-se cicloergômetro portátil… É uma bicicleta portátil, composta por dois pedais e uma base que os sustenta. Este paciente que atendemos teve um Infarto Agudo do Miocárdio que comprometeu uma área maior que 40% do coração, e ele evoluiu com uma insuficiência cardíaca, ou seja, o coração não tinha força o suficiente para bombear sangue com tanta eficiência para o resto do corpo. No primeiro dia em que o atendemos, conseguimos colocá-lo sentado, fizemos fortalecimento muscular nos braços e pernas e o aspiramos, pois ele estava com muito catarro… Já no segundo dia, utilizamos este aparelho do vídeo… Conseguimos fazer 12 minutos nos braços e mais 6 minutos nas pernas… Ai no outro dia fizemos menos exercícios pois ele estava um pouco cansado… Mais alguns dias se passaram e trocamos os pacientes, ai dois colegas do meu grupo deram continuidade ao tratamento dele. Resultado: Depois do carnaval, na quinta, recebemos a notícia de que ele tinha tido alta da UTI, e que estava na enfermaria! Quando terminamos de atender na UTI, fomos visitá-lo, e ele está ótimo! Anda sozinho, toma banho sozinho, come sozinho, e agora consegue falar! Não tem mais o que dizer né? Foi gratificante DEMAIS!

Não posso deixar de citar a importância da equipe multiprofissional que atende o paciente na UTI, principalmente os enfermeiros, nutricionistas,  e médicos! Em qualquer área, uma equipe capacitada é de extrema importância para o bem estar do paciente!

Fico triste pois esse estágio acabará terça agora… E quarta já começamos em outro hospital…

Mas, tenho a certeza de que mudei de idéia quanto a especialização! AMEI UTI! 🙂

O próximo estágio é em UTI neonatal…

Até mais, bebezinhos!

É de cortar o coração né?

Aguardem os próximos capítulos!

Beijos!

Anúncios
11 Comentários leave one →
  1. 03/03/2010 11:54

    Nossa, tem que gostar muito mesmo. Eu morreria de pena se visse pessoas nessas situações. eu bão tenho capacidade emocional para atuar dessa forma “/
    Mas me pareceu muito legal sim, para quem gosta, cuidar dos outros dessa forma. 🙂 Bonito!
    Beijocas

  2. 03/03/2010 14:11

    Nuss…minha irmã esta no 3 periodo de fisio…e esta amando!!ela vai começar estagio logo logo!vou mostrar seu post p ela!ela vai amar!!bjos adorei seu blog!!

  3. VALÉRIA MENEZES permalink
    19/05/2010 00:50

    Olá!
    Amei ler suas explicações sobre a fisioterapia na UTI. Meu marido está internado em uma UTI, ele foi acoemtido de um infarto, seguido de tres paradas cardíacas, hoje ao chegar na visita o encontrei sentado, foi maravilhoso.
    A fisioterapeuta da UTI tem feito um trabalho excelente com ele, não vejo a hora de ve-lo sem a traqueostomia e em pé.
    Abraços e continue amando a profissão que DEus te confiou.

    • Michelle permalink*
      24/05/2010 22:48

      Oi Valéria!

      Ficou muito feliz de ter ajudado um pouco na explicação da atuação da fisioterapia dentro da UTI!

      Como você mesma está vivenciando, é de extrema importância iniciar a reabilitação de maneira mais precoce possível!

      Boa sorte da recuperação do seu marido! 🙂

  4. 24/06/2010 06:59

    Oi querida meu nome é Handria e sou angolana…
    Sou fisioterapeuta e adoro minha profissão pois acho maravilhoso ajudar pessoas q necessitam da nossa ajuda…
    Infelizmente as nossas U.T.I ñ estão bem capacitadas com ventiladores nem monitores e nem outros aparelhos electrónicos que nós os fisioterapeutas usamos…Fico mto triste em saber que estudei tanto e epouco exerço a minha profissão…Mas um dia espero que tudo mude…bjos adorei tudo que explicaste aqui……

  5. Walter Gonçalves Neto permalink
    08/08/2010 20:09

    “Oi Michelle,achei muito interessante suas experiências já vivenciadas.É muito gratificante saber que existe grandes profissionais no nosso Brasil.

    Sou estudante de Enfermagem de nível técnico-2º período…e… não vejo a hora de começar a atuar.Claro que em UTI.
    Lembrese-“Esse gesto de salvar vidas,essa profissão,eu costumo dizer que:Não é nós que á escolhemos e sim fomos escolhidos por Deus..é um dom.

    “Se um dom especial é dado á alguém,é para fazer o bem na luta contra o mal”.Florence Nagthingale.

    Abraços…”Walter Gonçalves”

    • Michelle permalink*
      05/09/2010 00:34

      Olá Walter!

      Muito obrigada pelas palavras!

      A área da saúde é muito linda, e aprendemos o mais importante: A respeitar o sofrimento e fraquezas das pessoas, e aprendemos a ser mais humanos!

      Boa sorte na sua profissão, que é extremamente importante para o andamento do trabalho de todos de uma equipe multiprofissional!

      Beeijos e volte sempre!

  6. Leticia Kubo permalink
    14/08/2010 15:49

    Ei Michelle, eu li o seu post inteiro e adorei *-*
    Sou estudante de Ciências Biológicas, porém passei a me interessar pela área de fisioterapia. Mas andei ouvindo que a área é difícil e muito concorrida e que não tem emprego pra tantos.
    Enfim, eu gostaria muito de conversar com alguém da área. Então eu estava aqui caçando na internet e achei esse seu blog, que por sinal eu AMEI, está de parabéns.

    Bom, deixo o meu e-mail aqui… e espero que me responda, tá?
    Desde já agradeço *-*

    Grande beijo.

    • Michelle permalink*
      05/09/2010 00:33

      Oi Leticia!

      Primeiramente mil desculpas pela demora em responder! Você deve ter percebido que eu abandonei um pouco o blog né… As coisas estão corridas, mas esta semana pretendo voltar!

      Pode perguntar o que quiser sobre a fisio, pois sou apaixonada pela profissão, e dou o maior apoio para quem pensa em seguí-la!

      Beeijos e volte sempre! 😀

  7. bruna permalink
    09/03/2011 16:50

    Oi Michelle,nossa AMEI o seu blog, eu passei no vestibular pra fisioterapia agora e as minhas aulas ainda nem começaram,mas eu sou apaixonada, principalmente agora que eu vi esse seu post, ainda nem entrei na faculdade e ja to pensando na especialização,amei essa area da UTI, acho mto bacana ajudar as pessoas que tao precisando tanto ne??

    Vc ta de parabens!!
    beijos Bruna

Trackbacks

  1. Fisioterapia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: